Why Solidity Matters

Porque é a Solidity é importante: cinco casos de uso do mundo real para contratos inteligentes

Reading time

À medida que o mundo da tecnologia blockchain cresce além das ofertas de criptomoedas iniciais, inúmeras plataformas de blockchains estão a tentar introduzir novas inovações neste campo. A funcionalidade contrato inteligente (SC) é um dos desenvolvimentos mais promissores no campo da blockchain, permitindo que os programadores criem aplicações complexas baseadas na metodologia descentralizada. 

A Solidity é uma linguagem de programação novíssima desenvolvida pelos criadores da Ethereum. Esta pretende simplificar a tecnologia SC ainda mais e torná-la acessível para utilização global. Este artigo abordará a importância e casos de uso práticos da Solidity, dado que pode ser o próximo passo lógico na evolução da blockchain.

Principais considerações

  1. A Solidity é uma nova linguagem de programação orientada para objetos que suporta o desenvolvimento de contratos inteligentes na Ethereum.
  2. A Solidity permite que os programadores elaborem SCs com facilidade e eficiência sem precedentes.
  3. Os SCs são ferramentas digitais extremamente valiosas, dado que podem automatizar e melhorar inúmeras indústrias um pouco por todo o mundo.

O que é a Solidity?

É mais do que sabido que a Ethereum possui uma das redes blockchain mais rica em recursos na indústria. Potenciada pela Máquina Virtual Ethereum (EVM), a Ethereum permite que os programadores criem contratos inteligentes que tiram proveito de todo o potencial da blockchain. Assim sendo, a Ethereum tem as capacidades técnicas para criar SCs na sua rede, o que são ótimas notícias para todo o ecossistema blockchain, dado que permite que a tecnologia evolua e se transforme. No entanto, a construção dos contratos inteligentes na Ethereum não é tão fácil como pode parecer, dado que requerem conhecimento extensivo de programação e compreensão aprofundada dos protocolos EVM

É seguro dizer que apenas um punhado de programadores estavam familiarizados com a arquitetura EVM, limitando claramente a popularidade e o valor da Ethereum para o público geral. Afinal de contas, a utilização dos contratos inteligentes e das suas capacidades ilimitadas torna-se mais difícil se não houver realmente ninguém que saiba programar o código de um contrato inteligente. 

Para responder a esta preocupação premente, os programadores da Ethereum decidiram construir uma nova linguagem de programação que simplificaria este processo e permitiria que os programadores desenvolvessem aplicações descentralizadas facilmente. Assim sendo, o mundo testemunhou a primeira versão da Solidity em 2021, totalmente compatível com a EVM e com os protocolos de execução de contratos inteligentes. Em 2023, a Solidity foi lançada em toda a sua glória, oferecendo uma linguage novíssima para programadores que desejam construir dApps complexas sediadas na rede Ethereum

Como é que a Solidity suporta a programação de contratos inteligentes?

Antes da Solidity, os maiores problemas com as plataformas de programação de contratos inteligentes eram a compatibilidade, a escalabilidade e o grau geral de dificuldade. Embora linguagens de programação convencionais como a Python, Java e C++ tenham permitido que os progoramadores desenvolvessem contratos inteligentes, o processo era grosseiro, repleto de problemas técnicos e bastante complexo para os novatos. Imagine trabalhar com um ecossistema Microsoft 365 Office num sistema operativo Windows 95. Conseguirá alcançar o resultado, mas tudo requererá o dobro do tempo e o dobro do esforço. 

Assim sendo, a Solidity foi o próximo passo lógico na simplificação do processo de programação de contratos inteligentes, dado que as capacidades técnicas limitadas restringiram este campo promissor durante anos. A Solidity conseguiu remover a complexidade associando diretamente a sintaxe e a estrutura da linguagem ao algoritmo da máquina virtual da Ethereum. 

Em termos simples, a Solidity consegue traduzir o código escrito para comandos EVM com facilidade e eficiência sem precedentes. Contudo, os benefícios da Solidy vão além da conveniência, dado que esta nova linguagem conseguiu permanecer familiar e acessível para os programadores que utilizam Python, Java e outras linguages de programação populares

Top 5 casos de uso para aplicações de contratos inteligentes

Desta forma, o lançamento da Solidity é um momento de divisão das águas no grande esquema do desenvolvimento da blockchain, assinalando um novo marco para utilizar a tecnologia de livro-razão distribuído. As implicações de programar contratos inteligentes com facilidade e eficiência podem ser revolucionárias para inúmeras indústrias em todo o planeta. 

No entanto, para o público em geral, ainda é difícil visualizar os casos de uso dos contratos inteligentes além dos NFTs e das plataformas de pagamento P2P. Assim sendo, exploremos algumas das inúmeras aplicações e exemplos práticos dos contratos inteligentes em várias indústrias globais. 

1. Cuidados de saúde

A indústria dos cuidados de saúde é um dos maiores e mais importantes setores em todo o mundo. É escusado dizer que o setor dos cuidados de saúde recebeu inúmeras melhorias com as tecnologias digitais nos últimos anos. No entanto, esta indústria essencial ainda passa por problemas com a eficiência e a confidencialidade da transferência de dados. Simplificando, os hospitais e clínicas ainda não têm formas eficazes de trocarem dados em diferentes plataformas e jurisdições sem atrasos significativos. 

No caso dos cuidados de saúde, até horas de atraso informacional poderão acarretar custos graves, incluindo as vidas dos pacientes. Com a funcionalidade de contrato inteligente, a permuta de informação tornar-se-á muito mais fácil e mais rápida, independentemente do local ou das plataformas digitais. Quais dois centros de dados transferirão rapidamente os dados entre cada um, utilizando a metodologia descentralizada. Acabaram-se os atrasos e as interrupções no fluxo de dados! Adicionalmente, os contratos inteligentes executam pedidos de dados sem exibirem a identidade de um paciente, notícias excelentes para a confidencialidade e anonimato do paciente. 

2. Processos comerciais

Outro caso de uso ótimo para os contratos inteligentes é automatização de processos comerciais como a gestão da cadeia de abastecimento. Embora as ferramentas e as metodologias digitais simplifiquem as tarefas de gestão até uma determinada extensão, estas escasseiam na capacidade de automatizar processos complexos eficientemente. Com os SCs, a automatização de praticamente todos os processos que não precisem de análise subjetiva tornar-se-á muito mais fácil. Assim sendo, cada tarefa de rotina pode ser convertida num código que se executará automaticamente, poupando tempo e dinheiro aos proprietários do negócio. Isto inclui automatizar a inspeção dos bens recebidos, efetuar pagamentos aos fornecedores, monitorizar os níveis de inventário e muito mais. 

3. Retalho

As empresas retalhistas há muito que sofrem de ineficiências no seu modelo comercial relacionadas com descontos para o cliente e níveis de inventário. Os contratos inteligentes executam cada função automaticamente, fornecendo descontos automáticos aos clientes verificando a sua eligibilidade sem qualquer intervenção humana. Além disso, os SCs conseguem monitorizar as condições dos stocks de retalho, realizando ordens de encomenda atempadas para o fornecedor e assegurando que a empresa nunca ficará sem os bens altamente procurados. 

4. Finanças

As DeFi já são um dos maiores setores de toda a indústria blockchain. Os contratos inteligentes têm inúmeras aplicações neste campo, incluindo pagamentos transfronteiriços, interfaces bancárias simplificadas, taxas de comissão mais baixas e execução mais rápida em todos os âmbitos. Inúmeros bancos e inclusive instituições financeiras utilizam a tecnologia dos contratos inteligentes para transferirem fundos e protegerem as suas reservas de dinheiro. 

É importante recordar que os contratos inteligentes permitem que as empresa desfrutem de todos os benefícios da descentralização e da segurança da blockchain. No caso das finanças, este é um benefício enorme, dado que os bancos e outras instituições financeiras podem aumentar os seus níveis de segurança sem sacrificar a velocidade ou a eficiência. 

5. Votação

Finalmente, os contratos inteligentes podem reforçar imensamente as plataformas de votação em todo o mundo. Atualmente, inúmeros países reportaram casos de fraude e de desvio de votos, afetando gravemente o curso das eleições em diferentes países. Ao contrário do sistema de contagem manual dos votos, um contrato inteligente executa automaticamente os procedimentos da votação sem sequer precisar de identificar as partes votantes individualmente. Assim sendo, os votantes podem usufruir de total anonimato sem termerem que os seus votos sejam incorretamente contados ou manipulados pelo comité que supervisiona a votação. 

Principais considerações

A Solidity é um novo capítulo excelente no aprofundamento das capacidades da blockchain e na introdução de novas utilidades no campo da tecnologia descentralizada. Com a execução devida e tempo suficiente, a Solidity pode tornar-se numa linguagem de programação de referência para elaborar contratos inteligentes, abrindo portas para possibilidades ilimitadas. Conforme destacámos neste artigo, é importante saber como funcionam os contratos inteligentes dado que podem ser aplicados a inúmeras indústrias e fornecer automação imaculada combinada com a segurança e o anonimato da blockchain. 

Artigos recentes

iFX EXPO Dubai 2024
B2BinPay Is Ready to Deliver at The iFX EXPO Dubai 2024
01.12.2023
How to choose a crypto wallet
How to Choose a Crypto Wallet – The Best Way to Store Your Cryptocurrencies
Educação 01.12.2023
Centralised vs Decentralised Exchanges
Centralised vs Decentralised Crypto Exchanges: Key Differences to Consider
Educação 30.11.2023
Benefits of using crypto payments for business
Benefits of Using Crypto Payments for Business in 2024
Educação 29.11.2023