Kimchi Premium: Journey To Spicy Profits

Prémio Kimchi – A jornada até aos lucros picantes

Reading time

A arbitragem é uma palavra famosa no reino do trading. Os traders astutos utilizaram-na durante séculos para criarem valor explorando os preços de mercado inconsistentes. Embora a arbitragem tenha sido totalmente abolida do Forex trading convencional e dos mercados bolsistas, esta prática ainda está bem viva e recomenda-se no setor das criptomoedas. 

Este artigo mergulha num dos casos mais fascinantes da arbitragem de criptomodas, designado como prémio Kimchi. Encontrado no mercado sul-coreano, este método de arbitragem único é um caso de estudo ótimo para demonstrar o impacto massivo das leis e das regulações no mercado das criptomoedas. 

Principais Considerações

  1. O prémio Kimchi representa as diferenças de preço entre o mercado de criptomoedas sul-coreano e a bolsa internacional.
  2. O prémio Kimchi é possível devido às condições políticas e económicas únicas da Coreia do Sul.
  3. É possível colher lucros significativos com o prémio Kimchi, mas o câmbio de criptomoedas no mercado coreano é complexo e desafiador. 

O que é um Prémio Kimchi? 

Batizado em honra de uma refeição coreana deliciosa, o prémio Kimchi foi cunhado por traders sul-coreanos para representar a oportunidade de arbitragem única neste mercado. A oportunidade do prémio Kimchi foi apresentada pela primeira vez em 2015, quando os traders perceberam que a Bitcoin e outras criptomoedas eram negociadas a preços consideravelmente mais elevados nas bolsas sul-coreanas. Esta diferença de preço incomummente alta foi provocada pela abordagem rigorosa do governo sul-coreano em monitorizar a entrada e a saída de capital da economia do país. 

Para visualizar ainda mais este conceito, analisemos os gráficos de preços da Bitcoin no mercado sul-coreano comparado com a média de trading internacional. O gráfico do prémio Kimchi demonstra que o preço da Bitcoin é praticamente sempre maior na bolsa de criptomoedas coreana. No entanto, o prémio de Kimchi não está limitado à Bitcoin, dado que o mercado coreano tem procuras mais elevadas por outras criptomoedas de referência. 

Como é que a bolsa sul-coreana torna o prémio Kimchi possível

Simplificando, as regulações sul-coreanas criam efetivamente uma economia fechada do resto do mundo. O governo monitoriza atentamente os mercados domésticos e assegura que os investidores sul-coreanos se mantêm isolados das bolsas internacionais e que o dinheiro doméstico do país permanece dentro das fronteiras da Coreia do Sul. Embora outros países também implementem regulações de negociação semelhantes nos seus mercados domésticos, as medidas da Coreia do Sul são as mais restritivas.

Assim sendo, o governo coreano criou um mercado de trading independente dentro das fronteiras domésticas. A procura e a oferta por ativos negociáveis na Coreia difere do resto do mundo, dado que não foi assimilada nas bolsas internacionais. Por conseguinte, o mercado coreano apresenta uma das derradeiras oportunidades excelentes de realizar a arbitragem massiva no trading de criptomoedas.  

Explicação sobre a arbitragem em criptomoedas

Mas o que é exatamente a arbitragem? A arbitragem refere-se a identificar uma diferença de preço entre mercados bolsistas e realizar lucros comprando baranto e vendendo caro. Por exemplo, suponhamos que o trader X descobre que a Bitcoin vale 10 Ethers num mercado e 12 Ethers noutro. Para colher os lucros, o trader X tem de comprar a Bitcoin no primeiro mercado e vendê-la imediatamente no outro. No final, o trader X arrecadará a diferença de 2 Ethers sem quaisquer perdas da sua parte. 

Naturalmente, a prática de arbitragem é, na maioria das vezes, ilegal no mercado internacional e impossível devido às leis internacionais. A maioria dos mercados de ativos convencionados, como os de moedas fiduciárias, ações e valores mobiliários já padronizaram os preços a nível mundial. Por conseguinte, já não é possível colher os lucros da compra e venda do mesmo ativo em diferentes bolsas de valores estrangeiras. 

No entanto, os mercados de criptomoedas e as plataformas bolsitas estão longe de atingirem o mesmo equilíbrio, apresentando oportunidades de arbitragem lucrativas. O prémio Kimchi é um dos exemplos mais proeminentes neste nicho, graças às regulações estritas definidas pelo governo sul-coreano. 

Compreender a arbitragem do prémio Kimchi

Afinal, como é possível realizar a arbitragem prémio Kimchi se o governo coreano restringe movimentos de capital internacionais? A resposta é a descentralização e o anonimato da blockchain. Ao contrário dos mercados convencionais, o rastreio ou a restrição de movimentos de capital nas redes blockchain é atualmente impossível. Assim sendo, apesar de todos os esforços da Coreia do Sul, o seu mercado de criptomoedas permanece aberto aos traders internacionais, criando uma das poucas oportunidades de arbitragem restantes com um prémio consideravelmente alto. 

A arbitragem Kimchi permanece uma opção viável para traders internacionais, inclusive em 2023. No entanto, está bem longe de ser fácil de executar. Embora não seja estritamente ilegal ou impossível, a troca Kimchi requer muito esforço dos traders de arbitragem. O maior desafio é entrar no mercado de criptomoedas coreano e de encontrar os canais corretos para realizar a arbitragem. Embora haja várias orientações online, tornar-se um trader de arbitragem Kimchi requer ter uma rede de parceiros de confiança no mercado doméstico coreano. 

Também é importante lembrar que o prémio Kimchi nem sempre é lucrativo. Nos últimos anos, o prémio Kimchi testemunhou descidas consideráveis, igualando por vezes a média internacional de Bitcoin e de altcoins. No entanto, a procura por criptomoedas no mercado coreano permanece forte devido a motivos políticos. A Coreia do Sul é amplamente conhecida por navegar em águas turbulentas com a sua vizinha, a Coreia do Norte. 

As tensões são sempre altas nesta região e a procura pública geral por criptomoedas é consistentemente maior do que a média internacional. Assim sendo, a arbitragem Kimchi ainda é muito viável e lucrativa para os investidores experientes com o conhecimento para conduzirem este câmbio complicado. 

Como é que posso obter ganhos com o prémio Kimchi?

Embora o prémio Kimchi apresente oportunidades excitantes, a capitalização deste fenómeno não é assim tão fácil. Devido à supervisão governamental, os traders sul-coreanos estão isolados do resto do mundo. Em alguns casos, a concretização da arbitragem Kimchi pode pô-los em problemas, dado que o governo implementou novas leis relativas às transações estrangeiras ilegais.

Assim sendo, o maior bloqueio à concretização da arbitragem Kimchi é encontrar os intervenientes corretos no mercado sul-coreano. Além disso, é essencial realizar a arbitragem Kimchi com a assistência de ferramentas de trading automatizadas. A Bitcoin e outras altcoins são muito voláteis e até um ligeiro atraso no câmbio pode descompensar o prémio Kimchi. Por conseguinte, a capitalização do prémio Kimchi trata-se de identificar canais fiáveis e de executar negociações de arbitragem na janela de tempo mais curta possível. 

A Coreia do Sul consegue suportar o prémio Kimchi a longo prazo?

O governo sul-coreano está a tentar erradicar o prémio Kimchi com inúmeras leis contra o branqueamento de capitais e transações ilegais. No entanto, a natureza descentralizada e anónima da blockchain faz com que esta tarefa seja praticamente impossível. Assim sendo, é provável que o prémio Kimchi se encontre disponível no futuro próximo. 

Além disso, o crescente interesse da Coreia do Sul nas criptomoedas não vai didissipar-se à medida que sobem as tensões políticas. Assim sendo, por agora, a combinação única de regulações restritivas e procura acima da média por criptomoedas no mercado coreano promete suportar o prémio Kimchi, salvo quaisquer desenvolvimentos imprevistos. 

Considerações finais – O caso curioso dos prémios Kimchi

A arbitragem nas criptomoedas está em vias de extinção. As maiores plataformas de bolsas de criptomoedas, bem como as entidades reguladoras, estão a trabalhar em conjunto para erradicarem totalmente a diferença de preço entre diferentes mercados. No entanto, a situação financeira e política única da Coreia do Sul criou uma exceção fascinante a esta tendência. Embora desafiadores, os prémios Kimchi ainda são muito rentáveis para os traders de criptomoedas. Será interessante constatar se este fenómeno atípico resistirá ou se será eliminado do resto do mercado de arbitragem. 

Artigos recentes

Why Should You Accept Ethereum Payments in 2024?
Formas de Aceitar Pagamentos com Ethereum em 2024
Educação 09.05.2024
Why and How Can You Add Bitcoin Payment to Website?
Como Adicionar o Pagamento em Bitcoin ao site
Educação 06.05.2024
Cryptocurrency wallet vs exchange
Carteira Criptográfica vs Bolsa: Descubra as Diferenças
Educação 02.05.2024
B2BinPay Celebrates 1 Year of Partnership with Athletic Club
B2BinPay Celebra um ano de Parceria com o Athletic Club