what are crypto derivatives?

Explicação Sobre os Derivados de Criptomoedas: Prós e Contras e Estratégias de Trading

Reading time

O investimento em moedas virtuais é uma das formas mais lucrativas de capitalizar com o crescimento das moedas digitais, onde os ativos digitais flutuam num intervalo maior do que os instrumentos clássicos.

No entanto, esta maior volatilidade pode, por vezes, ser arriscada. Por conseguinte, os traders optam pelos derivados de criptomoedas para se protegerem contra a incerteza do mercado e capitalizarem o potencial das moedas virtuais.

Estas ferramentas apresentam uma forma mais rápida e mais segura de comprar e de vender ativos digitais sem o incómodo das carteiras de custódia e o processo de propriedade. Expandamos o significado dos derivados de criptomoedas mais detalhadamente e vejamos quais são os diferentes tipos.

Principais Considerações

  1. Os derivados de criptomoedas fornecem maior liquidez e menos risco para beneficiar das moedas digitais voláteis e lucrativas.
  2. Estes contratos são mais acessíveis e mais fáceis de executar do que o spot trading.
  3. Os contratos derivados de criptomoedas requerem que duas partes concordem no preço, tipos e quantias para negociarem criptomoedas numa data específica.

Compreender os Derivados de Criptomoedas

Os derivados são contratos financeiros entre dois traders que concordam na data e no preço de um instrumento financeiro. Assim sendo, o valor do contrato derivado acompanha o preço do mercado do ativo subjacente, quer sejam ações, títulos, matérias-primas ou moedas.

Estes contratos, no contexto das criptomoedas, referem-se a contratos para comprar e vender moedas virtuais numa data em particular, a um preço acordado. Quando chega a data de execução do contrato, ambas as partes trocam o valor do contrato ao preço acordado, independentemente das flutuações do mercado.

A principal diferença entre os derivados de criptomoedas e o spot trading encontra-se na propriedade do principal. Ao contrário do spot trading, os contratos derivados não transferem a propriedade do ativo subjacente.

explaining crypto derivatives

Tipos de Derivados nas Criptomoedas

Os contratos derivados podem ser implementados em qualquer mercado, e o instrumento subjacente pode ser ações, títulos, moedas, matérias-primas ou criptomoedas. Os derivados de criptomoedas requerem um contrato e duas partes que concordam no preço e na data, existindo três tipos: opções, futuros e perpétuos.

types of crypto derivatives

Opções

Nos contratos opção, os traders gozam de maior flexibilidade na tomada da decisão preferida. Por exemplo, quando se aproxima a data de expiração, o trader tem o direito de obrigar e de executar consoante as especificações do contrato ou de negar o contrato e não processar a negociação.

Os derivados opções têm diferentes tipos de contratos, tais como opções de compra e de venda. A opção de compra permite que o trader compre os ativos subjacentes na data de execução do contrato, enquanto a venda significa vender o ativo na data previamente acordada.

derivatives options types

Outros tipos são as opções americana e europeia, onde os traders nos exemplos de derivados de criptomoedas supra podem vender o bem mobiliário subjacente antes da data de expiração na opção americana. Ao mesmo tempo, os traders têm de executar exatamente na data mencionada segundo as opções europeias.

Futuros

Os contratos futuros são o tipo mais comum e simples de derivados nas criptomoedas. Os contratos de derivados futuros implicam ambas as partes concordarem com a compra ou venda de um ativo a um preço, data e quantia específicos.

Isto é uma estratégia de trading de derivados de criptomoedas comum dos investidores institucionais que utilizam o conhecimento e as previsões do mercado para estimarem movimentos de preço futuros e celebrarem diferentes contratos derivados.

Quando a data de execução se aproxima, ambos os traders têm de transferir o valor do contrato (não o ativo subjacente) e concluir o contrato com ambas as partes a realizarem ganhos e perdas.

Por exemplo, se um trader celebrar um contrato derivado para vender BTC numa data futura. Se o preço de compra da BTC for de 50 000 $ e na data de expiração do contrato 1 BTC = 60 000 $, o trader ganha 10 000 $.

Similarmente, se o preço da BTC descer para 35 000 $, o trader incorre numa perda de 15 000 $.

Perpétuos

Estes são derivados mais flexíveis e avançados sem uma data de expiração. Por conseguinte, os traders de contratos futuros perpétuos podem manter o ativo ou o contrato durante o tempo que desejarem.

No entanto, há algumas condições que os investidores têm de considerar ao deterem um ativo e o seu preço do contrato futuros perpétuo, tal como a taxa de financiamento (taxas de manutenção) e uma margem mínima.

Porque é o Trading de Derivados de Criptomoedas Importante?

O trading de derivados é mais rápido do que deter e vender da forma clássica. Por outras palavras, os investidores não precisam de encontrar uma bolsa de criptomeodas, comprar uma criptomoeda em particular, como BTC ou ETH, transferi-la para a sua carteira e, de seguida, encontrar a melhor altura e oportunidade para a vender e realizar alguns ganhos.

Além disso, o spot trading de criptomoedas requer mais operações da sua carteira digital ou de custódia, o que pode demorar tempo e acarretar riscos de segurança caso a transação seja infiltrada por piratas informáticos e burlões. Assim sendo, os traders de derivados de criptomoedas utilizam esta estratégia para beneficiarem destes recursos.

Maior Acessibilidade ao Mercado

Os derivados fornecem maior liquidez porque são mais rápidos e mais fáceis de negociar, o que torna os criptoativos mais disponíveis. A liquidez refere-se à facilidade com que os participantes no mercado conseguem comprar e vender instrumentos. Os mercados líquidos têm ativos negociáveis suficientes pendentes no livro de ordens, com muitos participantes dispostos a assumir o outro lado da negociação.

Por conseguinte, os derivados de criptomoedas impulsionam a liquidez e contribuem para a eficiência e para a estabilidade geral do mercado.

Diversificar a Carteira de Investimentos do Trader

O trading de derivados de criptomoedas pode ser uma ferramenta de diversificação da carteira de investimentos, permitindo que os investidores explorem diferentes opções e variações ao trading de BTC e encontrem a melhor estratégia de investimento em criptomoedas.

Além disso, os derivados de criptomoedas facilitam a venda a descoberto, onde os traders podem vender uma moeda digital em particular se o mercado recuar sem possuir o criptoativo subjacente. Por outro lado, nos mercados clássicos, os traders têm de possuir uma criptomoeda específica antes de a venderem no mercado.

Mitigar os Riscos dos Critpoativos

As moedas da blockchain são caracterizadas pela alta volatilidade e imprevisibilidade. Caso possua ETH, por exemplo, como o seu preço está a subir e a queira vender mais tarde a um ponto mais alto, o preço pode inverter-se e recuar sem aviso prévio. Por conseguinte, a titularidade e a negociação de moedas digitais e de tokens tem riscos associados. 

Por outro lado, os derivados são contratos com preços concordados, onde os traders executam a transação na execução à data acordada, longe das flutuações de mercado.

Vantagens e Desvantagens dos Derivados de Criptomoedas

Após encontrar uma plataforma de derivados de criptomoedas fiável, é essencial considerar alguns prós e contras de negociar estes contratos. Destaquemos alguns dos riscos e das recompensas de negociar derivadosd e criptomoedas.

crypto derivatives vs spot trading

Prós

  • Os derivados de criptomoedas envolvem menos riscos porque não requerem deter a moeda digital e mitigam a volatilidade do mercado.
  • Eles são mais fáceis de gerir sem deter o ativo numa carteira de custódia ou interagir com a blockchain e bolsas DeFi.
  • Os traders utilizam derivados para cobrirem a sua posição de mercado arriscada, particularmente em instrumentos com as criptomoedas.
  • Os derivados estão associados a liquidez elevada porque a sua facilidade e flexibilidade faz com que sejam mais apelativos para os investidores.
  • Caso sejam devidamente geridos, os contratos derivados de criptomoedas têm taxas transacionais mais baixas, enquanto o spot trading implica taxas gas, corretores e de câmbio.

Contras

  • Estratégias não calculadas podem levar a ganhos não realizados se o preço predeterminado for inferior ao preço de mercado real.
  • As transações de derivados OTC não estão sujeitas a verificações de conformidade e de identidade, aumentando os riscos de contraparte não autêntica.
  • Os enquadramentos regulatórios relativos aos contratos derivados são diferentes em diferentes partes do mundo.

Considerações Finais

Os derivados de criptomoedas são contratos entre duas partes que concordam com o preço e a data de troca de um instrumento financeiro específico, tal como BTC ou ETH. Estas ferramentas oferecem boa liquidez e planos de gestão de risco e, por conseguinte, são vistas como uma solução atrativa para participar na negociação de criptomoedas.

Artigos recentes

B2BinPay at Finance Magnates Africa Summit 2024
B2BinPay is Bound for Finance Magnates Africa Summit 2024
16.02.2024
Crypto Expo Dubai 2024
B2BinPay To Present at Crypto Expo Dubai 2024
15.02.2024
B2BinPay v19, Instant Swaps and Expanding Blockchain Support
A B2BinPay v19 está Aqui, Apresentamos os Swaps Instantâneos e o Suporte de Mais Blockchains
How Wrapping Coins Solves a Cross-Chain Problem
Como é que o Wrapping de Moedas Resolve o Problema Cross-Chain da Blockchain
Educação 13.02.2024